Parceiros

Impacto da Imagem na Carreira Artística

festival-musica-santa-catarina

O Festival de Música de Santa Catarina em parceria com Morango Gomes apresenta a importância da imagem pessoal

A carreira artística e o impacto da imagem pessoal – Morango Gomes

Considerada como comunicação não verbal, nossa imagem chega instantaneamente na mente das pessoas, gerando impressões positivas e/ou negativas. Uma vez que esta imagem é sempre potencializada pela chamada “era da do design”, o mundo contemporâneo exige que nos “pareçamos” com o que fazemos, a partir de um cuidado particular com a aparência.

Por outro lado, o tempo tornou-se escasso, as oportunidades breves, e, para tanto, a comunicação visual surge como um caminho mais rápido e eficiente que encontramos para nos relacionarmos. Roland Barthes (importante filósofo, escritor, sociólogo, crítico literário, semiólogo e filósofo francês. do século XX), em sua obra “O sistema da moda”, dizia que ninguém se veste impunemente.

Em sua obra “O capital erótico”, a economista Catherine Hakin da London School of Economics explica que pessoas visualmente harmoniosas e com uma comunicação clara são melhores aceitos, possuem mais facilidade para se comunicar, conseguirem melhores empregos, maiores salários e até mais conquistas amorosas. Portanto, a imagem pessoal deixa de ser um valor social efêmero e assume um significativo impacto nos mercados e nos meios corporativos.

Em pesquisas de marketing, moda, design e artes visuais, nossa imagem aparece liderando um ranking de características percebidas e interpretadas pelas pessoas que nos olham. Pode acreditar!

  • 57% do que geramos de impressões sobre nós mesmos, está relacionado à nossa aparência;
  • 32% sobre nosso tom de voz, gestual e a forma como nos expressamos;
  • 11% estão associados sobre o que pensamos.

Para que entendamos melhor, não significa que o capital intelectual deixou de ser importante; pelo contrário, seu currículo e todas as suas qualidades como pessoa devem estar claramente traduzidas na sua aparência, elevando assim seu status pessoal e profissional.

Mas, vamos lá! O que realmente é imagem pessoal e qual o modelo ideal?

festival-musica-santa-catarina

Há mais de 10 anos pesquisando e trabalhando com moda e imagem, criei meu próprio conceito de imagem pessoal:

  • É o conjunto de características visuais e comportamentais que caracterizam um indivíduo ou um grupo de pessoas.
  • É além de como nos vestimos. É sobre o que escolhemos para nos representar e diz respeito ao modo como enxergamos e interpretamos o mundo.
  • Falar de imagem pessoal é falar sobre cultura, signos e significados que carregamos conosco no decorrer da vida.

Em sua obra “O império do efêmero”, o sociólogo francês, Gilles Lipovetsky prenunciava uma era de independência e protagonismo do indivíduo na sua relação com as tendências. No capítulo onde associa a moda a um novo padrão de consumo diz:

“O mimetismo diretivo próprio da moda de cem anos cedeu o passo a um mimetismo de tipo opcional e flexível; imita-se quem se quer, como se quer; a moda já não é injuntiva, é incitativa, sugestiva, indicativa. Na época do individualismo consumado, o look funciona à la carte, na mobilidade, no mimetismo aberto. Ao mesmo tempo, a moda não desperta mais o mesmo interesse nem as mesmas paixões. Como o poderia a partir do momento em que reina uma ampla tolerância coletiva em matéria de vestuário, em que os estilos mais heterogêneos coexistem, em que não há mais moda unitária?”(1987, p.123).

A verdade é que costumamos confundir identidade visual, estilo com moda e tendências: moda e tendências são propostas da indústria. Seu papel é encantar e vender. Imagem pessoal e estilo é escolha e individualidade. Seu papel é expressar. Ao contrário do que a maioria imagina ter uma imagem adequada e uma comunicação clara não é falar de modo complicado e arrogante e nem se cobrir de marcas luxuosas ou das últimas tendências da cabeça aos pés.

Ter uma boa imagem é principalmente saber o que estamos contando às pessoas através de cada elemento que escolhemos para nos representar. É acima de tudo, possuir autonomia para dizer sim ou não para as propostas da moda, editoriais, passarelas e revistas. Trata-se de poder usar algo caro com naturalidade ou algo barato com extrema elegância. Todo esse contexto fez surgir um novo profissional, o consultor de imagem: Considerada uma das 20 profissões do futuro, este profissional nos ajuda a entender nosso estilo, cores que nos favorecem, diagnóstico de silhueta e análise das linhas e formas do rosto e suas mensagens através do estudo do Visagismo, modelagens corretas, organização do guarda roupa e lista de compras conforme estas necessidades que são diferentes para cada pessoa.

festival-musica-santa-catarina

O trabalho deste profissional, além de impactar na autoestima, também contribui no orçamento, gerando economia. Minimizam-se as compras e maximiza-se a composição de peças. Contribui também na gestão de tempo e no baixo impacto de resíduos no descarte de roupas no meio ambiente. O trabalho também se estende a treinamentos de varejo no formato cursos, palestras e workshops específicos de cada segmento, ajudando os lojistas e vendedores a utilizarem estas informações como ferramenta de vendas mais assertiva e satisfatória.

Se para os setores mais tradicionais da sociedade a imagem pessoal é considerada de alta relevância, imaginemos o impacto que ela pode promover na carreira artística, por exemplo. O era da camiseta e o jeans surrado como símbolo da rebeldia foi superado na era da imagem. O artista do século XXI é desafiado para além do virtuosismo, pois, o público espera mais. Muitos artistas já consagrados ou em ascensão recorrem a este serviço para que possa utilizar sua imagem de forma criativa e surpreendente, além de se tornar uma ferramenta de marketing poderosa mediante seu fã ou “cliente”.

A consultoria de imagem apresenta aos artistas ferramentas adequadas para o alinhamento entre a personalidade e a imagem. Este autoconhecimento e informação conferem uma autonomia diferenciada e podem encurtar o caminho para o sucesso, traduzindo um talento de savoir-faire (saber-fazer) em emoção e surpresa.

Sobre a autora:

festival-musica-santa-catarina

Morango Gomes é sócia diretora da Thats Me Imagem Beleza e Estilo e atua como consultora de imagem pessoal e palestrante profissional. Graduada em Gestão de varejo de moda, Estilismo e coordenação de moda e consultora de imagem. Atua há mais de 10 anos como especialista em imagem de sucesso de pessoas e empresas.

A Morango Gomes estará no Tum Sound Festival 2018 com sua palestra “Impacto da Imagem na Carreira Artística”.

Saiba mais sobre o Tum Sound Festival e inscreva-se!

 

Deixe uma resposta